História da Moda: Glamurous 30’s

   Hey Guys! Tudo bem com vocês? Essa semana voltaram minhas aulas na faculdade, que estava ocupada em protesto à PEC 241/55, e eu ainda estou tentando voltar ao ritmo de acordar de madrugada sendo que eu não consigo dormir antes das 11h da noite. E quando eu digo madrugada é madrugada mesmo, eu acordo 5h da manhã porque consigo demorar uma hora pra ficar pronta. Espero que ano que vem eu possa mesmo estudar à noite. Mas então prontos para o nosso post da semana?

   f9cb5132c6b060e497c3c05d1a80fcdd-cropped2Em 1929 a queda da bolsa de valores de Nova York deu início a uma das maiores crises do capitalismo moderno e que permaneceu por quase uma década. Pessoas perderam seus empregos, perderam dinheiro em ações que despencaram , a inflação nos estados unidos estava nas alturas e o governo buscava maneiras de driblar os efeitos da crise. Com o início da Grande Depressão a era de excessos, extravagâncias e muito consumismo dos loucos anos 20 chegou ao fim e foi sucedida por uma década um tanto mais sóbria, e não menos elegante. É importante ressaltar que durante os anos 30 as estrelas de cinema hollywoodiano ditavam a moda e o que elas usassem acabava sendo copiado por milhares de lojas de departamentos e vendidas em todo os Estados Unidos. Bailes e festas glamourosas eram promovidos para aqueles que ainda possuíam dinheiro na crise e não deixavam de exibi-lo. Enquanto isso a industria da moda precisava se readaptar ao novo cenário econômico e foram implantadas novos tecidos e materiais sintéticos que eram mais acessíveis, e novos fabricantes e designers estadunidenses conseguiram seu espaço devido ao aumento dos impostos cobrados sobre as roupas vindas de Paris.

O Tailleur Parisiense anos 1930

   A elite rica dos anos 1930 formava um grupo internacional, 2497a17bac09c1c5073cc1c9adf102cce sua ostentação da riqueza não foi detida pela Depressão. Na verdade para estrelas de cinema, por exemplo, isso era algo essencial já que suas carreiras dependiam da preservação de suas imagens. Para as mulheres que não haviam perdido dinheiro na queda da bolsa a alta-costura era uma forma de se distinguirem das demais mulheres restritas à moda de massa. Antes da II Guerra Mundial a alta-costura continuava prosperando, apesar do desenvolvimento das roupas prêt-à-porter, acima de tudo a alfaiataria de Paris inspirava repeito pela alta-costura. O Tailleur então passou a ser uma peça essencial nos guardas roupas das mulheres abastadas, modelos de tweed e de lã bem cortados e de cortes retos. Nesse período Chanel se destacou ainda mais com seus modelos de abordagem simples porém elegantes, o tailleur fechado e de característica forte e presente era suavizado por uma gravata branca frouxa e outras técnicas clássicas readaptadas para tentar feminizar o modelo.

O Vestido Sereia 1932

Todos os estúdios de Hollywood tinham seus figurinistas responsáveis por traduzirem a ideia da moda em glamour, conceito que movimentou a indústria cinematográfica durante a Depressão. Ele612e24f413c23b5ab23e9624dc7270c4s eram responsáveis por deixarem as atrizes parecendo deusas e muitas vezes precisavam usar artefatos para driblar a figura natural das mesmas. Um vestido feito para a atriz Joan Crawford por Adrian (MGM Studios) em 1932 usava de mangas bufantes e cheias de babados para disfarçar os largos ombros da atriz. O vestido foi copiado no mesmo ano pela loja de departamento Macy’s e venderam mais de 500 mil peças. Ao final da década os figurinistas possuíam suas próprias coleções de roupas para vendas no varejo. Em 1932 Chanel reviu o vestido de calda sereia com este modelo em lantejoulas azuis, seu estilo de elegância e descrição, e sua simplicidade magistral não condiziam com a interpretação fantástica dos estúdios de Hollywood, e seu contrato com a MGM durou pouco devido a sua oposição a ornamentos superficiais quando o público precisava do escapismo.

   Outra característica dos anos 30 muitos presente em vestidos de festa eram as costas nuas realçadas pelos cabelos curtos. Por mais que o tom de sobriedade pairasse sobre o país as mulheres que ainda possuíam dinheiro queriam mostrar isso, os vestidos fechados na frente e abertos atrás mostravam que essa mulher ainda não estava por baixo e que ela continuaria a se divertir e viver sua riqueza ao máximo.

“Nós, os costureiros, não podemos mais viver sem o cinema, assim como o cinema não pode viver sem nós. Confirmamos o instinto um do outro.”

Lucien Lelong

As Calças Largas anos 1930

   il_570xn-758052983_h717Aos poucos as calças femininas migravam do ambiente esportivo para calças de lazer no dia a dia, se tornando finalmente acetáveis como tal na metade dos anos 1930. Filmes mostravam a possibilidade do uso descontraído da peça, e estilistas estadunidenses, como Elizabeh Hawes, defenderam os benefícios emancipatórios da calça para as mulheres. Aos poucos os elegantes pijamas drapeados para a praia e momentos ociosos viraram modelos Butterick e Vogue de calças para mulheres energéticas e descontraídas. As calças em cores e tecidos diferentes também começaram a ter algumas estampas divertidas e eram usadas com blusões ou com um maiô na praia.

Inovação Americana 1934-1939

Após a quebra do Wall Street foi implantada uma taxa de imposto de 90% sobre a alta-costura de Paris, o que levou consumidores a buscarem alternativas de roupas. Isso impulsionou a indústria têxarticle-2511143-00074e7d00000c1d-692_634x539til e criacional dentro dos Estados Unidos. Em 1933 as lojas de Nova York encomendaram coleções de prêt-à-porter de Elizabeth Hawes e Muriel King, e o primeiro número todo estadunidense da Vogue saiu em 1938. Wallis Simpson permaneceu leal aos estilistas estadunidenses ao escolher seu vestido de casamento com o duque de Windsor, escolhendo um modelo de Main Rousseau Bocher. Bocher nasceu em Chicago e se tornou editor da Vogue Paris após servir na Primeira Guerra Mundial. Foi o primeiro estadunidense e jornalista a abrir um salão de alta-costura em Paris em 1930.

O Vestido Surrealista 1936-1939

  enhanced-buzz-22670-1366209733-2 O principal nome no mundo do design surrealista é o de Elsa Schiaparelli que junto com pintores surrealistas como Dalí criou modelos com formatos e estampas diferenciados que acabaram por estamparem capas de revistas como a Harpper’s Bazzar. Era de um interesse desses artistas explorarem o inconsciente fazendo referências à ideologias de Marx e Freud, e ao invés de restringir suas ideias à pintura, indicavam as possibilidades ilimitadas do uso da imaginação em objetos de uso cotidiano como fotografias, mobília e as roupas. O vestido de noite entitulado “Lágrimas” foi uma criação de Schiaparelli e Dalí, pele esfolada era um tema recorrente nas obras do pintor e o vestido usa estampa feita por Dalí de carna dilacerada e um véu com lágrimas aplicadas.

Filmes

images-3

W.E. – filme de 2011 dirigido por Madonna com atuação de Abbie Cornish e Andrea Riseborough. O filme mistura um pouco do passado e do presente, ele conta a história de Wallis Winthrop e Wallis Simpson, mulheres em épocas diferentes e em vidas diferentes que sofrem por motivos parecidos. O filme conta ao mesmo tempo a história de Wallis Simpson e de Edward VII, que abdicou de ser sucessor ao trono da Inglaterra para poder se casar com uma americana divorciada, e a história de Wallis Winthorp, uma jovem que não consegue engravidar e passa seus dias revivendo e conversando com Wallis Simpson quando um leilão dos pertences do casal é sediado na galeria em que ela trabalhava. Partes do filme acontecem na Europa dos anos 1930 e além de ser um romance e drama incrível o figurino também é maravilhoso e rendeu ao filme um prêmio de melhor figurino em 2012.

593878.jpgA Troca – é um suspense de 2008 dirigido por Clint Eastwood e com atuação de Angelina Jolie. O filme se passa no final dos anos 20 ao início dos anos 30 e conta a história de uma mãe solteira que tem seu filho sequestrado e a luta dela em tentar reencontrar Walter. O filme mostra um pouco de como era a vida para aqueles que não eram ricos na época, o preconceito da população com uma mãe solteira e a corrupção policial. Após alguns meses a policia alega ter encontrado Walter porém Christine tem uma surpresa quando a criança desse do trem, e ninguém irá acreditar nela.

Discurso do Rei.png O Discurso do Rei – dirigido por Tom Hooper e lançado em 2010 com um elenco composto por atores como Colin Firth, Helena Boham Carter e Geoffrey Rush. Quando seu irmão mais velho Edward renuncia ao trono para se casar com Wallis Simpson, Albert é deve assumir o trono como Rei George VI, porém um problema na fala o leva a buscar ajuda com um especialista com métodos não muito tradicionais, e por mais que existam conflitos de convivência no início esses dois se tornarão amigo para toda a vida. O filme mostra um pouco do cenário político na Inglaterra antes da II Guerra e as dificuldades pessoais de Albert em assumir o trono.

Filme-Memorias-Gueixa.jpgMemórias de Uma Gueixa – filme de 2005 dirigido por Rob Marshal e Ziyi Zhang como atriz principal. Esse é um filme extra que eu simplesmente adoro e escolhi ele pra poder tirar o foco um pouco da Europa e Estados Unidos. O filme conta a história de uma menina que foi vendida para uma casa de gueixas quando criança e se torna uma das mais importantes gueixas de Tokyo. O filme se passa entre as décadas de 1930-1940, mostrando a vida e a história das gueixas e como a II Guerra afetou a vida de todos, mas principalmente dessas jovens.

E é isso por hoje pessoal! Eu estou correndo pra tentar organizar um jantar de ação de graças aqui em casa e queria que meu dia tivesse 36 horas pra eu poder fazer tudo que eu preciso. Happy Thanksgiving pra vocês só porque eu adoro muito esse feriado e até semana que vem!

Love, C.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s